Lições dos Venture Capitalists nos 100 episódios Astella Playbook

Conhecimentos e hacks para vida pessoal e profissional

O Astella Playbook foi muito importante na minha vida: Foi uma das formas de cavar o que se passava nas mentes mais brilhantes do mercado de tecnologia. 

Após 100 episódios, o ciclo se encerrou. Como forma de homenagear e contribuir para a preservação do legado, escrevo esse artigo sobre os aprendizados de um perfil de convidado: os investidores de Venture Capital. 

A minha pergunta preferida do Ping Pong sempre foi: 

Convidado, ao longo da sua vida você desenvolveu ou recebeu de alguém um aprendizado que deve passar para outras pessoas constantemente. Que aprendizado é esse? 

Listo abaixo as respostas a essa pergunta compartilhada por todos os Venture Capitalists que estiveram no Astella Playbook. Essas respostas são hacks para vida e fornecem reflexões que podem nos fazer viver uma vida melhor e mais produtiva


Daniel Chalfon, Astella

O importante é o caminho. (Referência: Oscar Niemeyer)


Edson Rigonatti, Astella

Como líder, é preciso aprender a iluminar e não ofuscar! 


Laura Constantini, Astella 

É primordial a presença da empatia nos ambientes de trabalho. 


Marcelo Sato, Astella 

Nunca julgar a pessoa que está em outra posição. Uma verdade tem várias facetas e cada um vai defender o seu da melhor forma possível. É muito fácil julgar quando está do outro lado da mesa. 


Julio Vasconcellos, Atlântico

Quando eu fui morar no Vale do Silicio, conheci o Andy Grove da Intel. Ele falou uma frase que até hoje uso para os momentos de tomada de decisão:

Go where the action is. Só entrando no burburinho da revolução que se encontra as oportunidades.


Luiz Manzano, Big Bets 
  1. Começar com o que conhece.

  1. É mais fácil fazer uma empresa difícil do que uma empresa fácil. 


Alexandre Mello, Big Bets 

O aprendizado é sintetizado em uma palavra japonesa: Ikigai. Esse termo representa a razão que te faz levantar da cama todas as manhãs.

É preciso conectar a razão pelas quais as pessoas levantam da cama de manhã com os negócios que vão gerar mais valor para sociedade. Só pensando dessa forma que as empresas vão conseguir atrair os melhores talentos gerar a potência maxima dessas pessoas.


Joaquim Lima, Riverwood

As pessoas precisam confiar nelas mesmos e nos seus próprios gut feelings.


Anderson Thees, Redpoint

Não julgar as pessoas pelo contexto que "eu estou". Antes de julgar alguém, sempre pense que cada um está lutando a sua guerra todos os dias. 


Carlos Krokon, Qualcomm

Contrate sempre pessoas mais inteligentes, melhores do que você. 


Marcos Toledo, Canary 

É preciso a constante ponderação e reflexão sobre os aspectos da vida e dos negócios que precisam ser otimizados. 


Francisco Jardim, SP Ventures

Valorizar muito o tempo e priorizar como você quer gastá-lo, dado que é o nosso ativo mais escasso. 


Brian Requarth, Latitud 

Mantra do Viva Real: Adaptar e Superar! 


Pedro Sirotsky, Igah (Pai)

O grande aprendizado é saber que a gente aprendeu muito pouco. 


Pedro Sirotsky , Barrah (Filho)

Escutar as pessoas de verdade. 


Willian Cordeiro, GV Angels 

Estar juntos de pessoas muito boas para fazer coisas incríveis. 


Fabio Flaksberg, GV Angels

Foco! Escolher, focar e ter disciplina para atacar problemas é o diferencial na execução. 


Veronica Serra, Innova Capital 

Como investidora, saber que está entrando no preço certo e se associando a pessoas excepcionais. Também é essencial a coragem de tomar riscos. 


E como diz o aprendizado do Daniel, o importante é o caminho.

Obrigado por tanto conhecimento profissional e pessoal nos 100 episódios @Daniel e @Edson.

Animado para os próximos podcasts 😉


Se curtiu o artigo assina a newsletter para receber conteúdo de tecnologia, startups e Venture Capital no seu email todas as semanas